Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CURVA DO JOÃO CORUJA

Acidente na BR-158 mata motorista da prefeitura de Paranaíba

Cezar Joaquim tinha 49 anos e governo decretou luto oficial
23/08/2017 16:10 - RODOLFO CÉSAR


 

Veículo da Prefeitura de Paranaíba atingiu caminhão e capotou hoje na BR-158, em região conhecida como curva do "João Coruja", que fica no km 53.

O motorista do veículo, Cezar Joaquim Chaves dos Santos, 49 anos, morreu no local. No carro também estava o veterinário da Vigilância Sanitária Estênio Roberto de Freitas, 66, que sofreu ferimentos e precisou ser socorrido para hospital em Paranaíba. O acidente foi por volta das 8h30.

O site Interativo informou que perto de onde houve a colisão havia buracos na pista. O carro onde as duas vítimas estavam teria atingido um desses buracos e o pneu estourou, o que teria causado a colisão e capotamento.

Não houve informação sobre o que aconteceu com o condutor do caminhão. Moacir Saboto, 54 anos, e foi identificado pela Polícia Civil.

O delegado em Paranaíba, Rodrigo Evaristo da Silva, foi quem registrou a ocorrência de homicídio culposo na direção de veículo. Os detalhes da colisão ainda estão sendo apurados e a Polícia Civil não divulgou detalhes.

Perícia criminal foi informada para realizar levantamentos que tentem indicar o que causou a batida.

Decreto nº 258 do prefeito de Paranaíba, Ronaldo Miziara (PSDB), decretou luto oficial no município pela morte do motorista.

"Considerando que a municipalidade deverá prestar suas homenagens ao senhor Cézar Joaquim Chaves dos Santos pelos inúmeros e inestimáveis serviços prestados à comunidade Paranaibense, como servidor público, fica interrompido o expediente nas repartições públicas municipais a partir das 13h30 do dia 23 de agosto, voltando o expediente normal sexta-feira, dia 25 de agosto", informou nota.

Felpuda


As definições no que se relaciona aos nomes para a disputa eleitoral vêm ocorrendo aqui e acolá. Pré-candidato que sonha comandar cidade o interior poderá deixar de ver o seu sonho realizado. É que o dito-cujo terá de enfrentar as lembranças de rumoroso caso que se tornou escândalo depois da denúncia de uma servidora. Há quem garanta que é só a campanha começar para a história ser contada capítulo por capítulo. Afe!