Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

terça, 19 de fevereiro de 2019 - 05h46min

JUCEMS

Abertura de empresas registra
melhor resultado em cinco anos

Foram 490 novos empreendimentos abertos em janeiro

13 FEV 19 - 15h:30FÁBIO ORUÊ

Junta Comercial de Mato Grosso do Sul (Jucems) registrou a abertura de 490  empresas no mês de janeiro em Mato Grosso do Sul. Este é o melhor resultado dos últimos cinco anos para um começo de ano no Estado.

Conforme divulgado pelo Governo do Estado, em janeiro de 2015 foram 446 aberturas de empresas e 2016 marcou o menor número dos últimos anos, com 332. Em 2017 o total foi de 427 e no ano passado 445 novos empreendimentos.

O secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, aponta como fatores, que influenciam a decisão dos empreendedores, as mudanças no cenário político nacional e os indicadores da economia estadual.

“Há uma relação direta entre a confiança do empreendedor e o aumento do número de abertura de empresas. Temos acompanhado mês a mês esse comportamento, não só na quantidade quanto na qualidade dos novos negócios. Demonstra a vitalidade de nossa economia, o que atrai mais investimentos, gera empregos, aumenta o consumo, melhora a performance do Fisco, estimula um ciclo de crescimento em todos os setores”, diz o secretário.

Quase dois terços do total de empresas abertas em janeiro, 315 empreendimentos, se enquadram no setor de serviços, outras 147 são firmas comerciais e 28 são indústrias.

Transportes, consultórios médicos e odontológicos e lojas de artigos de vestuário e acessórios são subsetores que se destacam. Campo Grande concentra o maior número de novas empresas, 200 no total, seguida de Dourados (16), Ponta Porã (12), Paranaíba, Naviraí, Nova Andradina e Rio Brilhante, com 11 empresas cada. Ainda em janeiro, a Jucems registrou 1.749 alterações nos registros de empresas e 206 extinções.

* Com informações da assessoria 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Nova regra obriga fechamento  de barragem em MS
MINERAÇÃO

Nova regra obriga fechamento de barragem em MS

Em 1 ano, 68 mil  deixam planos de saúde
SAÚDE

Em 1 ano, 68 mil deixam planos de saúde

BRASIL

Prefeito é investigado por mandar funcionários assistirem a show de noiva

BRASIL

Casal de empresários doa R$ 40 milhões para hospital que atende SUS

Mais Lidas