Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

SAÚDE BÁSICA

"A gente vacinou mais gado do
que gente", diz Mandetta

Ministro participou da inauguração da Casa da Saúde

18 OUT 19 - 18h:32FÁBIO ORUÊ

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), fez um alerta sobre a circulação do Sarampo e a atenção à saúde básica da população. Na inauguração da Casa de Saúde Carlos Alberto Jurgielewicz, em Campo Grande, na tarde de hoje (18), o ministro comparou a situação à vacina de aftosa. 

"É uma dicotomia porque no tempo que nós estamos nos tornando área livre de aftosa, nós estamos voltando doenças como sarampo. Quer dizer, a gente vacinou mais gado do que gente", disse ele. 

Mandetta também fez um alerta de atenção à saúde básica, para evitar o surto de outras doenças. "É preciso sim, todas as unidades; toda a cidade; todas as pessoas têm responsabilidade de olhar e rever a política de atenção primária", enfatizou o ministro. 

"Houve um abandono por parte de todo o brasil das políticas de atenção básica [...] Nós temos toda a questão da queda do índice de vacinação, que ele por si só fala do descaso com a atenção primária. Não tem nenhum ato de prevenção mais simbólico do que vacinar", finalizou. 

 CASA DA SAÚDE

Inaugurada nesta sexta-feira, a Casa da Saúde (Coordenadoria Estadual de Assistência Farmacêutica Especializada), foi fundada em 1999 para a entrega de medicamentos à população, agora funcionará em nova sede, no prédio da antiga Escola Riachuelo. O nome que o local recebe é uma homenagem ao médico cirurgião Carlos Alberto Jurgielewicz.

Na ocasião, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) relembrou a importância que o médico tem para ele. "Em 13 de maio de 1963 eu nasci pelas mãos dele", revelou. 

A Casa de Saúde de Campo Grande tem 60 mil pacientes cadastrados de todo o Estado, sendo 35 mil cadastros ativos. Entre janeiro e setembro de 2019 foram realizados 180 mil atendimentos, com o entrega de 7,5 milhões de medicamentos. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e fica na Rua Onze de Outubro, 220, no Bairro Cabreúva.

Neste ano, o Ministério da Saúde já encaminhou ao Estado 518 milhões de remédios, adquiridos de forma centralizada e que integram o componente especializado da assistência farmacêutica, possuindo custos mais elevados. 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Suspensão de inscrições para moradias populares é prorrogada
PROGRAMAS HABITACIONAIS

Inscrições para moradias populares seguem suspensas

Após três meses, materiais recicláveis novamente pegam fogo em empresa
VEJA O VÍDEO

Após três meses, materiais recicláveis novamente pegam fogo em empresa

Avó permitia que homem estuprasse neta de 13 anos em troca de dinheiro e carne
ESTUPRO DE VULNERÁVEL

Avó permitia que homem estuprasse neta de 13 anos
em troca de dinheiro e carne

Descontentes, pais e funcionários fazem nova manifestação em escola afetada por fechamentos
EE PROFESSOR CARLOS HENRIQUE SCHRADER

Descontentes, pais fazem nova manifestação em escola afetada por fechamentos

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião