Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

NEGÓCIOS

Venda de ativos da JBS precisa ser amplamente discutida, diz chefe do BNDES

20 JUN 17 - 14h:28Folhapress

O presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro disse nesta terça (20) que ainda não foi informado sobre o plano de venda de ativos da JBS mas que entendeu o anúncio feito pela empresa como uma "intenção boa".
Em crise após a delação de seus controladores, a JBS anunciou nesta terça (20) planos para vender R$ 6 bilhões em ativos para reduzir seu endividamento.

"O que a atual administração está falando tem ainda que ser amplamente debatido no conselho de administração. Não houve ainda essa reunião, haja vista que não estou nem informado", disse Rabello de Castro, em entrevista após evento para comemorar os 65 anos do BNDES.

O banco é o maior acionista minoritário da JBS, com 21,3%, e tem participação no conselho de administração da companhia.

"O máximo que pode ser sido anunciado é uma intenção. Uma intenção, aliás, boa", completou o presidente do BNDES.

O executivo disse que a prioridade para o banco, enquanto acionista, é "unir esforços para defender empregos e o faturamento dessa empresa".

Questionado sobre a possibilidade de venda das ações do banco na JBS, ele afirmou que "os momentos mais adequados de fazer uma alienação de ativos é quando a situação desse ativo está bem na curva de preços, e não subavaliado".

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CASO RAFAEL MIGUEL

Polícia divulga imagens com possíveis disfarces de homem procurado por matar ator

INVESTIGAÇÃO

Lava Jato diz que desativou contas do Telegram 'após invasão criminosa'

PREVISÃO DO TEMPO

Inverno começa na sexta (21) com névoa e geada em várias regiões

TECNOLOGIA

Cade arquiva 2 processos contra Google e terceiro é suspenso

Processo em aberto prevê multa de R$ 32 milhões

Mais Lidas