TRÂNSITO

Túnel acústico é reaberto parcialmente no Rio após desabamento

Túnel acústico é reaberto parcialmente no Rio após desabamento
19/05/2019 13:25 - AGÊNCIA BRASIL


O túnel acústico Rafael Mascarenhas, interditado desde a última sexta-feira (17), após desabamento de parte da cobertura, foi reaberto parcialmente neste domingo (19). O trânsito foi liberado somente em direção a São Conrado e Barra da Tijuca. O sentido Lagoa continua interditado, com o trânsito sendo desviado para o bairro Jardim Botânico.

O desabamento da cobertura foi causado pelo deslizamento de terra, após chuva constante que atingiu a cidade nos últimos dias. A estrutura caiu atingindo um ônibus que passava no momento, mas o motorista conseguiu frear a tempo e somente a parte frontal do veículo foi danificada, sem deixar feridos.

A reabertura ocorreu no início da madrugada e contou com a presença do prefeito, Marcelo Crivella.

Os trabalhos no local continuam e foram removidas, até agora, cerca de 130 toneladas de resíduos como árvores, galhos, pedras e lama. A previsão, feita por Crivella, é reabrir totalmente a via na segunda-feira (20), em ambos os sentidos.

Outra alternativa para os motoristas que trafegam entre a Barra da Tijuca e a zona sul, a Avenida Niemeyer foi liberada, após ser interditada por deslizamentos, e está funcionando nos dois sentidos em sistema de siga e pare.

Técnicos da prefeitura seguem monitorando a encosta e a via pode voltar a ser totalmente interditada, de acordo com as condições do tempo.

 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".