Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

EUA

Tiroteio deixa 25 feridos em boate do Arkansas, nos EUA

2 JUL 17 - 03h:00FOLHAPRESS

 A polícia informou que 25 pessoas ficaram feridas em um tiroteio, neste sábado (1º), depois de uma briga em uma boate no centro de Little Rock (Arkansas, EUA).

Em reportagem a Associated Press, o chefe da polícia da cidade disse que os disparos foram dados por várias pessoas e que o incidente não tem relação com terrorismo.

O tiroteio aconteceu no Power Ultra Lounge, um clube em um imóvel de dois andares a 1,5 km do Capitólio do Estado de Arkansas. A área foi bloqueada para que técnicos reunissem provas do que houve dentro da boate. Cacos de vidro das janelas e copos vazios cobriam o chão.

"Não acreditamos que esse incidente tenha relação com um atirador ou com terrorismo. Parece ter sido causado por uma briga durante o show", disse a polícia em sua conta no Twitter.

A polícia de Little Rock disse que as 17 vítimas estão vivas e que uma delas, em estado crítico, já evoluiu para a estabilidade.

"Dezessete é um número alarmante e certamente perturbador", disse o chefe da polícia da cidade, Kenton Buckner, aos repórteres. Segundo ele, há vários suspeitos de atirar.

Um vídeo publicado na internet mostra a casa cheia para o show de Finese 2Tymes, um artista do Tennessee. Durante onze segundos da gravação, é possível ouvir mais de 20 tiros.

O caso ocorre em uma semana com mais de dez tiroteios registrados na capital do Arkansas, apesar de não haver indicativos de que os eventos tenham relação.

No sábado bem cedo, Rada Bunch aguardava na porta da boate, depois de saber de um amigo que o filho dela esteve lá e poderia ter sido atingido. Bunch tinha poucas informações sobre o ocorrido. "Estou cansada dessas mortes e desses tiroteios, as crianças ficam magoadas", disse.


 


 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Trump diz que pode começar "grande deportação" em duas semanas
ESTADOS UNIDOS

Trump diz que pode começar "grande deportação" em duas semanas

PARADA GAY

Famílias marcam presença na Parada do Orgulho LGBT de São Paulo

Tema em 2019 é "50 anos de Stonewall", recordando violência policial
Filho de Luciano Huck sofre<br> acidente e é operado no Rio
ACIDENTE NO MAR

Filho de Luciano Huck sofre acidente e é operado no Rio

CIÊNCIA

Veículo em Marte detecta nuvem de gás que sugere possibilidade de vida

Mais Lidas