Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 18 de novembro de 2018

TRAGÉDIA

Surfista de 16 anos morre ao tentar surfar onda gerada por furacão

6 SET 2017Por Folhapress14h:55

O surfista Zander Venezia morreu na última terça-feira (6) ao surfar em ondas geradas pelo furacão Irma, que se aproxima do Caribe e da costa leste dos Estados Unidos. O atleta de 16 anos surfava em Barbados.

Venezia surfava junto com Nathan Florence, irmão do campeão mundial John John Florence, e o americano Balaram Stack. De acordo com o fotógrafo Jimmy Wilson, os dois foram os primeiros a chegarem até onde Venezia estava no momento da tragédia.

"Nathan e Balaram foram os primeiros a chegar até ele. Ele estava submerso. Eu fiz a foto de sua última onda. Mas ele conseguiu. Não caiu. Acho que aconteceu algo no caminho. Não temos certeza do que aconteceu", relatou Wilson à revista "Stab".

De acordo com o site "Surfline", a suspeita é de que Venezia tenha quebrado o pescoço ao se chocar com um recife. O surfista teria sido retirado da água sangrando por Nathan Florence, que ainda o tentou reanimá-lo. Zander foi encaminhado para o hospital, mas não resistiu.

Em conversa com o também surfista Dylan Graves, Zander Venezia afirmara ter surfado "a melhor onda da vida" no local.

Em nota oficial, a WSL (liga mundial de surfe), lamentou o ocorrido e prestou condolências aos familiares e amigos de Zander Venezia.

O furacão Irma tem sido considerado um dos maios poderosos da década no Atlântico. Segundo o serviço francês de meteorologia Météo France, o Irma tem "uma intensidade sem precedentes". O organismo advertiu que, com ventos que alcançam 295 km/h perto do centro e rajadas de até 360 km/h, o furacão "constitui um fenômeno extremamente perigoso".

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também