Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

VENEZUELA

Supremo da Venezuela nega abertura de processo contra juízes da corte

17 JUN 17 - 18h:20FolhaPress

O Tribunal Supremo de Justiça da Venezuela negou na sexta-feira (16) o pedido da procuradora-geral, Luisa Ortega Díaz, de abertura de processo para afastar oito juízes da corte sob acusação de conspiração contra a república.

O plenário do tribunal, que é controlado por aliados do presidente Nicolás Maduro, entendeu que o pedido da procuradora-geral não tem cabimento devido à ausência de provas que justifiquem o processo contra os magistrados.

A corte também notificou o Conselho Moral Republicano, ao qual o Ministério Público é subordinado, para que avalie adotar medidas jurídicas contra a procuradora-geral.

Ex-aliada do chavismo, Ortega Díaz havia pedido na terça-feira (13) que os seis titulares e dois suplentes da Sala Constitucional do TSJ tivessem o foro privilegiado suspenso por considerar que eles se aliaram ao governo para "desmantelar o Estado e a forma republicana".

Ela citou como exemplos as decisões da Sala Constitucional que derrubaram a imunidade parlamentar e transferiam oficialmente ao TSJ o poder de legislar da Assembleia Nacional -estopim de uma onda de protestos opositores. As sentenças, que foram consideradas por Ortega Díaz uma ruptura constitucional, foram derrubadas dias depois.

A Venezuela passa por uma grave crise política e econômica. Desde abril, a onda de protestos contra o governo Maduro deixou ao menos 67 mortos.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

STF: candidatura avulsa pode ser votada no 1º semestre, diz Barroso
BRASIL

STF: candidatura avulsa pode ser votada no 1º semestre, diz Barroso

Comissão da PEC da prisão em 2ª instância 'já nasce dividida', diz Fábio Trad
BRASÍLIA

Comissão da PEC da prisão em 2ª instância 'já nasce dividida', diz Fábio Trad

Carnes podem continuar subindo até fim de janeiro ou início de fevereiro, diz FGV
SEU BOLSO

Carnes podem continuar subindo até fim de janeiro ou início de fevereiro, diz FGV

Impeachment de Trump pode ser votado esta semana
MUNDO

Impeachment de Trump pode ser votado esta semana

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião