Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

Confiança de Serviços

Setor de serviços tem alta de 2,4 pontos no índice de confiança em setembro

Com 85,6 pontos, o resultado é o mais elevado desde dezembro de 2014

29 SET 2017Por Istoé11h:24

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) subiu 2,4 pontos na passagem de agosto para setembro, para 85,6 pontos, na série com ajuste sazonal, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) besta sexta-feira, 29. O resultado é o mais elevado desde dezembro de 2014.

Mas o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) do setor de serviços encolheu de 82,1% em agosto para o piso histórico de 81,5%, patamar que já tinha sido registrado no mês de junho. “A boa notícia é que, ao longo do terceiro trimestre, as avaliações empresariais sobre a situação corrente e a dos próximos meses mantiveram um perfil equilibrado. Nos meses anteriores, eram as expectativas que vinham ancorando a melhora da confiança. Assim, é possível que a reação na atividade real do setor ganhe um impulso mais claro nos próximos meses”, avaliou Silvio Sales, consultor do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV), em nota oficial.

Houve melhora na confiança de 11 das 13 principais atividades pesquisadas. O Índice da Situação Atual (ISA-S) avançou 3,2 pontos em setembro, enquanto o Índice de Expectativas (IE-S) cresceu 1,6 ponto.

No ISA-S, os subindicadores de Volume de Demanda atual e da Situação atual dos negócios tiveram avanços de 3,2 pontos cada, retornando a patamares semelhantes aos do início de 2015. No IE-S, a principal influência foi da avaliação sobre a Tendência dos Negócios para os seis meses seguintes, que subiu 2,0 pontos.

A coleta de dados para a edição de setembro da sondagem foi realizada pela FGV entre os dias 4 e 26 deste mês.

Leia Também