Campo Grande - MS, quarta, 22 de agosto de 2018

Estima Governo

Riqueza gerada pela agropecuária
no país pode crescer 2,1% em 2017

Volume da produção de grãos e criação de gado deve chegar a R$ 535,4 bi

20 OUT 2017Por Portal Brasil07h:40

A agropecuária deve gerar riqueza recorde para o Brasil em 2017. Serão R$ 535,4 bilhões, fruto da produção de grãos e da criação de gado. O número é uma estimativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e, caso ele se confirme, representará uma alta de 2,1% frente ao ano passado.

Toda essa riqueza foi gerada por 1,6 milhão de trabalhadores formais e milhares de outros trabalhadores indiretos que garantem que o campo continue a ser um dos principais combustíveis do crescimento do País. Essa mão de obra, somada a intensos investimentos em tecnologia, transformaram o Brasil em um dos países mais produtivos do mundo.

Apenas as lavouras foram responsáveis por R$ 365,88 bilhões, o equivalente a 68,3% do total. Já a pecuária ficou com R$ 169,53 bilhões e 31,7 % de tudo que foi produzido. “Como o ano civil está quase encerrado, devemos ter pequenas alterações até o fim do ano”, calculou José Garcia Gasques, coordenador-geral de Estudos e Análises da Secretaria de Política Agrícola do ministério.

Produtos com melhor desempenho no campo

Os valores de produção de alguns itens se destacaram no ano ao registrar crescimento expressivo. É o caso de algodão herbáceo (+74,4%); cana-de-açúcar (+33,4%); mandioca (+91,1%); milho (+14,6%) e uva (+49,3%).

O ministério também divulgou o valor da produção gerada em cada região do País. O Sul apresentou o melhor desempenho, com faturamento de R$140,98 bilhões. Em segundo lugar ficou o Centro-Oeste, com R$ 138,53 bilhões, seguido por Sudeste (R$ 137,2 bilhões), Nordeste (R$ 49,4 bilhões) e Norte (R$ 32,5 bilhões).

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também