Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CRIME

Repórter e cinegrafista são mortos em transmissão <br>ao vivo nos EUA

Jornalistas são baleados enquanto faziam cobertura na Virgínia; outra pessoa fica ferida
26/08/2015 10:14 - O Globo


 

Um atirador abriu fogo em uma transmissão de TV ao vivo na Virgínia, matando uma repórter e um cinegrafista de uma rede local. Uma entrevistada ficou ferida no episódio, na cidade de Moneta. No vídeo, é possível ouvir os tiros e a dupla à frente da câmera correndo. O atirador fugiu após disparar ao menos seis tiros.

Na transmissão, a repórter Alison Parker, da WDBJ, entrevista uma empresária até ser surpreendida pelos tiros, quando o cinegrafista Adam Ward desaba. Aos gritos, ela corre em meio a outros disparos, e a transmissão é cortada, mostrando uma expressão de surpresa da apresentadora.

Afiliada da CNN, a emissora de Roanoke, perto da cidade onde houve os tiros, anunciou a morte da dupla. Eles cortaram quaisquer exibições do episódio.

O atirador, um homem de roupas escuras brevemente flagrado na transmissão, fugiu. Não estão claras as possíveis motivações para o ataque. A polícia disse ter a placa do carro no qual ele escapou.

Chefe da câmara de comércio da região onde houve o ataque, a entrevistada Vicki Gardner foi atingida nas costas e passa por cirurgia.

As escolas perto da Bridgewater Plaza, onde aconteceu o episódio, tiveram as portas fechadas e a segurança reforçada. Equipes de segurança investigam o local e emitiram um alerta máximo em busca do suspeito.

Alison tinha 24 anos, e Ward, 27. Eles receberam homenagens imediatas da WDBJ, que relatou o episódio desde o corte da transmissão.

"Não sabemos o motivo, e nem quem é o atirador. O condado de Franklin, que investiga o caso, está trabalhando com diligência para achá-lo e descobrir o motivo deste crime tão terrível. Nossos corações estão partidos", disse o presidente e diretor-geral da emissora, Jeff Marks.

Após o ataque, a polícia de Nova York anunciou um aumento no reforço à segurança de estações de televisão da cidade. A iniciativa foi tomada com base em medidas de padrão antiterrorismo.

Felpuda


Pré-candidato pode estar sendo “fritado” sem ao menos perceber. Redes sociais que têm estreitas ligações com ex-cabecinhas coroadas e que prometeram apoio estão enaltecendo que só certo pré-candidato de outro partido. Quem conhece as ditas figurinhas de, digamos, outros carnavais, acredita que está em curso operação sorrateira para mudar internamente os rumos da futura campanha. Trocando em miúdo: ceder a cabeça de chapa.