Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

DEPOIMENTO

'Que maluquice é essa?, diz Cabral sobre propina de 5%

10 JUL 17 - 14h:25O Globo

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) prestou depoimento hoje (10) ao juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, e negou ter recebido propina.

Pela primeira vez, falou sobre a acusação de que cobrava 5% de propina de obras no estado. "Nunca houve propina. Houve apoio. Nunca houve 5%. Que 5% é esse? Que história é essa de que esses 5% era algo que vigia no governo? Que maluquice é essa?" disse ele, na audiência da Operação Mascate.

Pela primeira vez, Cabral aceitou responder a questionamentos. Em depoimento ao juiz Sérgio Moro e em outra ocasião, com Bretas, o peemedebista só respondeu às perguntas da própria defesa e dos advogados da mulher, Adriana Ancelmo.

Cabral foi condenado por Moro a 14 anos e dois meses de prisão e responde ainda outros 11 processos que tramitam na 7ª Vara Federal Criminal do Rio. O ex-governador ainda vai depor outras duas vezes esta semana.

Também em depoimento nesta segunda-feira (10), Ary Filho, ex-assessor de Cabral e réu no processo da operação Mascate, disse que recolheu dinheiro das empresas Itaipava e Presunic, R$ 5 milhões em cada para a campanha, a pedido do ex-governador. Cabral negou esse valor.




 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

AMEAÇA MUNDIAL

EUA dizem que coronavírus é ameaça séria, mas que não houve novos casos no país

Autoridades informaram que não houve "por ora" novos casos
Ministro da Saúde confirma caso suspeito de coronavírus em Minas
ALERTA

Suspeita de coronavírus em Minas é confirmada, ministro diz que risco é "iminente"

Bolsonaro diz que governo vai apurar falhas no Enem e que não descarta sabotagem
INVESTIGAÇÃO

Bolsonaro diz que governo vai apurar falhas no Enem e que não descarta sabotagem

Secretário executivo da Casa Civil é destituído por usar avião da FAB
MINISTRO INTERINO

Secretário executivo da Casa Civil é destituído por usar avião da FAB

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião