Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

Polêmica

Presidente Trump proíbe transgênero de servir no Exército norte-americano

Como é hábito, Trump anunciou a decisão na sua conta do Twitter

26 JUL 2017Por Publico.pt11h:00

O Presidente norte-americano anunciou esta quarta-feira que o Governo dos EUA "não vai aceitar nem admitir transgênero para servir no Exército norte-americano". Para Donald Trump, "os nossos militares devem estar focados em decisões e vitórias e não podem ficar com o fardo dos tremendos custos médicos e transtornos que ser transgénero no Exército implicaria".

O líder da Casa Branca repõe assim a proibição existente até Junho de 2016, que barrava o acesso ao Exército, Marinha e Força Aérea a quem tinha uma identidade de género diferente da que lhe foi atribuída à nascença. Poder integrar os corpos militares tinha sido uma conquista da comunidade transgénero durante a Administração Obama. À data, a decisão foi anunciada pelo então secretário de Estado da Defesa dos EUA, Ashton B. Carter. 

"Não podemos permitir que haja barreiras à entrada das pessoas — barreiras que não têm nada a ver com as suas qualificações para aqueles lugares", explicava o então secretário da Defesa.

Como é hábito, Trump anunciou a decisão na sua conta do Twitter. O líder norte-americano afirma que a medida resulta de uma reunião com generais e especialistas ligados ao Exército.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também