Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 13 de dezembro de 2018

Política

Partido dos Trabalhadores
perde um de seus fundadores

Paul Singer morreu ontem, 16, à noite em São Paulo

17 ABR 2018Por G106h:44

Um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores, Paul Singer, morreu na noite de ontem, 16, aos 86 anos. O economista estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O motivo da morte não foi informado.

O velório está previsto para começar às 9h no Cemitério Israelista do Butantã, Zona Oeste de São Paulo. O enterro será à tarde.

Economista e doutor em Sociologia Paul Singer nasceu na Áustria em 1932 e chegou ao Brasil em 1940. Ele veio para o país fugindo da perseguição aos judeus na Europa.

Ele fez graduação em Economia e doutorado em Sociologia na Universidade de São Paulo (USP). Na mesma instituição, se tornou livre docente em demografia e professor titular em economia.

Durante a gestão de Luiza Erundina na Prefeitura de São Paulo (1989-1992), ele foi secretário de Planejamento. No governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2011), foi um dos precursores do conceito de economia solidária no país, baseada na produção com autogestão, sem patrões e empregados.

Durante parte do governo da ex-presidente Dilma Roussef (2011-2016), ele foi secretário Nacional de Economia Solidária.

Por meio de nota, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), afirma que Singer "deixa o exemplo da coerência política, da militância de esquerda, do caráter reto e do intelectual que nunca mudou de lado". "Paul Singer merece nossa gratidão e reconhecimento, e o faremos da forma como ele merece", declarou Gleisi.

Filme em produção

Um filme sobre a trajetória do economista deve ser lançado no final de 2018. Dirigido por Ugo Giorgetti, “Paul Singer, uma história do Brasil” arrecadou mais de R$167 mil via financiamento coletivo, em campanha lançada em maio de 2017.

Paulo Singer foi um dos fundadores do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), do Partido dos Trabalhadores e da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares na USP. De 2003 a 2106, foi Secretário Nacional de Economia Solidária.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também