Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

segunda, 18 de fevereiro de 2019 - 23h40min

OTIMISTA

Onyx diz que Bolsonaro deve receber alta médica nesta semana

11 FEV 19 - 19h:00FOLHAPRESS

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse nesta segunda-feira (11) que o presidente Jair Bolsonaro deve receber alta médica durante esta semana e retornar a Brasília até sexta-feira (15).

Segundo ele, o presidente está se recuperando bem e, ao chegar à capital federal, tomará as decisões finais para fechar o texto da reforma previdenciária, cuja expectativa é de que seja apresentado na próxima semana.

"Ele está se recuperando muito bem. A gente acredita que quinta-feira ou sexta-feira ele deve estar de volta a Brasília e vai tomar as decisões finais", disse.

A expectativa inicial era de que o presidente deixasse o hospital Albert Einstein, em São Paulo, nesta segunda-feira (11). A detecção de uma pneumonia na semana passada, no entanto, adiou a alta médica.
Neste final de semana, o estado de saúde de Bolsonaro apresentou melhora, de acordo com boletim médico.

Ele segue com um quadro estável, sem dor e sem febre, e prossegue com antibióticos.

O presidente foi submetido à cirurgia de reconstrução do trânsito intestinal e retirada de uma bolsa de colostomia em 28 de janeiro.

Na ocasião, os médicos mudaram a técnica prevista inicialmente e tiveram que fazer um procedimento mais complexo do que era esperado.

Um trecho do intestino, que estava ligado à bolsa que recolhia as fezes havia quase cinco meses, foi retirada e descartada.

Com isso, decidiu-se ligar o intestino grosso ao delgado diretamente. Por esse motivo, o processo foi mais longo do que o esperado (três a quatro horas) e durou sete.

Essa foi a terceira operação pela qual ele passou desde que foi alvo de uma facada, em setembro, durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG).

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Prefeito é investigado por mandar funcionários assistirem a show de noiva

BRASIL

Casal de empresários doa R$ 40 milhões para hospital que atende SUS

TRAGÉDIA DE BRUMADINHO

MP recomenda à Vale adoção de medidas de proteção de bens de removidos

BRASIL

Fake news são empecilho para aumento da vacinação contra HPV

Mais Lidas