Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Ministério da Justiça

Número de refugiados no Brasil dobra em quatro anos e chega a 8,4 mil

19 AGO 15 - 13h:42Agência Brasil

Nos últimos quatro anos, o número de refugiados no Brasil praticamente dobrou, passando de 4.218, em 2011, para 8.400, em 2015, segundo dados do Comitê Nacional de Refugiados (Conare) do Ministério da Justiça divulgados hoje (19), Dia Mundial Humanitário. As principais causas dos pedidos de refúgio são violação de direitos humanos (51,13%,) perseguições politicas (22,5%), reunião familiar (22,29%) e perseguição religiosa (3,18%).

De acordo com o Conare, os sírios formam o maior contingente de refugiados no país, com 2.077 pessoas, seguidos pelos angolanos (1.480), colombianos (1.093), congoleses (844) e libaneses (389). O levantamento não inclui informações sobre os haitianos, uma vez que essas solicitações de refúgio têm sido analisadas pelo Conselho Nacional de Imigração para autorização da permanência por razões humanitárias.

Do total de refugiados, 70,7% são homens e 29,3% são mulheres. Segundo o levantamento, 65,62% têm entre 18 e 39 anos, 19% têm até 17 anos, 13,5% têm entre 40 e 59 anos, enquanto 1,86% dos refugiados tem 60 anos ou mais.

Mais de 12,6 mil solicitações ainda aguardam julgamento por parte do Conare.

Segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), em 2014, 59,4 milhões de pessoas em todo o mundo foram obrigados a deixar suas casas devido a guerras civis, conflitos armados e perseguições por conta de raça, religião, nacionalidade, grupo social ou opinião política. Desse total, 19,5 milhões são refugiados.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PRIMEIRA INSTÂNCIA

TRF-4 nega recurso de Lula para anular provas no caso do Instituto

BRASÍLIA

Alcolumbre diz que criará comissão mista para discutir reforma tributária em 2020

BUSCAS CONTINUAM

Navio brasileiro encontra destroços de avião chileno

As partes da aeronave estavam a 518 km de Ushuaia, na Argentina
AMÉRICA LATINA

Evo anuncia que está na Argentina e agradece período de acolhimento no México

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião