Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Província de Sichuan

Número de mortos em terremoto
na China chega a 19; feridos já são 247

9 AGO 17 - 08h:06Agência Brasil

O número de mortos pelo terremoto registrado na noite dessa terça-feira (8) na província de Sichuan, no centro da China, um dos mais fortes sentidos no país nos últimos anos, subiu hoje para 19, e o número de feridos está em 247, segundo os últimos dados divulgados pelos meios de comunicação oficiais. A informação é da Agência EFE.

O jornal oficial Diário do Povo informou em seu microblog que 40 dos feridos estão em estado grave.

O terremoto, de magnitude 7 na escala Richter, foi sentido às 21h19 locais da terça-feira (10h19 de Brasília) e afetou principalmente a localidade turística de Jiuzhaigou.

O tremor teve o epicentro localizado a uma profundidade de 20 quilômetros, segundo o Centro de Redes Sismológicas da China, e sacudiu a província Sichuan, que em 2008 sofreu um dos piores terremotos das últimas décadas, com mais de 90 mil vítimas entre mortos e desaparecidos.

Jiuzhaigou é um vale famoso por suas cataratas e seu relevo, que atrai muitos turistas todos os anos.

Segundo a imprensa, foram registradas mais de 100 réplicas do tremor.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Impeachment de Trump pode ser votado esta semana
MUNDO

Impeachment de Trump pode ser votado esta semana

Polícia de Manchester prende suspeito por ofensas racistas contra Fred, do United
ESPORTE

Polícia de Manchester prende suspeito por ofensas racistas contra Fred, do United

Grade de proteção cai e atinge o ator Ryan Reynolds durante CCXP
EVENTO

Grade de proteção cai e atinge o ator Ryan Reynolds durante CCXP

Polícia estima que até 20 bolivianos eram traficados  através de Corumbá
POR SEMANA

Polícia estima que até 20 vítimas
de tráfico entravam por Corumbá

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião