PIAUÍ

Mulher é presa após arrancar orelha a dentadas em crise de ciúmes no Piauí

Mulher é presa após arrancar orelha a dentadas em crise de ciúmes no Piauí
15/07/2017 19:21 - G1


 

Uma mulher teve uma orelha arrancada a dentadas em Luís Correia, litoral do Piauí. O motivo alegado seria uma crise de ciúmes, segundo o sargento da Polícia Miliar do Piauí, Egildo Brito. Após o ataque, registrado na última sexta-feira (14) a agressora foi encaminhada a delegacia de polícia de Luís Correia para ser autuada em flagrante. A agredida, por sua vez, foi conduzida ao hospital Dirceu Arcoverde, em Parnaíba.

Enquanto era conduzida à delegacia, no mesmo carro, em que foi levada a mulher agredida, a agressora comentou com o sargento o motivo das mordidas. “Ela disse que teve uma crise de ciúmes, mas não soube dizer se o marido tinha ou não algum tipo de relacionamento com a mulher de quem ela arrancou a orelha”, disse o sargento Egildo Brito.

Como a orelha foi levada junto com a mulher agredida para o hospital houve uma tentativa de reimplante do membro. “A outra senhora foi conduzida para o pronto socorro em um hospital, em Parnaíba, para a realização de sutura do pedaço arrancado da orelha”, comentou o sargento Egildo. O Hospital Dirceu Arcoverde, em Parnaíba, confirmou a realização da cirurgia e que a mulher agredida já teve alta.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".