Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Santa Catarina

Mulher dá à luz durante resgate em rua alagada

Bombeiro deitou e serviu de 'colchão' para grávida

6 JUN 17 - 08h:41G1

Uma mulher deu à luz enquanto era resgatada pelos bombeiros em Rio do Sul, município do Vale do Itajaí que está com 20 dos 25 bairros alagados. A equipe precisou parar o trajeto que o barco fazia pelas ruas alagadas da cidade e fazer o parto no chão na noite de segunda-feira (5). Um bombeiro deitou e “serviu de colchão" para a grávida dar a luz.

A ocorrência foi por volta das 22h na localidade de Bonfim. A casa da gestante estava isolada por causa do alagamento. Para chegar até a residência, os socorristas precisaram atravessar um rio, uma área alagada e uma roça.

Após iniciar o trajeto de barco de volta com a gestante, os bombeiros precisaram parar e fazer o parto. “Eles pararam a embarcação e procuraram um lugar plano. Para ela não deitar no chão, um bombeiro deitou e ela deitou em cima”, detalha o tenente Rubens Babel.

Segundo ele, após a mãe dar à luz um menino, a equipe seguiu o trajeto com a família de barco pelas ruas alagadas até uma unidade do Samu. Depois, mãe e filho foram levados para o hospital. Os dois passam bem, segundo os bombeiros.

Bombeiros precisaram ser resgatados

Após atender a ocorrência, os cinco bombeiros envolvidos também precisaram ser resgatados por outra equipe da corporação. “A viatura ficou ilhada, aí outra equipe veio com uma 4x4, e conseguimos sair e rebocar a embarcação”, explica o tenente.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Senado conclui votação da reforma da Previdência
BRASÍLIA

Senado conclui votação da reforma da Previdência

Veja o que muda na sua aposentadoria com a reforma da Previdência
TIRE SUAS DÚVIDAS

Veja o que muda na sua aposentadoria com a reforma da Previdência

BRASIL

Sem nomes de Lula e Dilma, relatório da CPI do BNDES é aprovado

Pescador afetado por vazamento terá parcela extra do seguro-defeso
ÓLEO

Pescador afetado por vazamento terá parcela extra do seguro-defeso

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião