Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

Voluntariado

Ministério da Justiça vai selecionar voluntários para trabalhar com refugiados

O trabalho, segundo o MJ, deve começar no próximo dia 14 e se estender por três meses ou mais

1 AGO 2017Por G113h:17

O Ministério da Justiça abriu inscrições para voluntários interessados em trabalhar com refugiados no Brasil. Os currículos podem ser enviados até o próximo domingo (6) para o Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), vinculado ao ministério.

O trabalho, segundo o MJ, deve começar no próximo dia 14 e se estender por três meses ou mais. A lista de tarefas para os voluntários inclui transcrições de entrevistas dos solicitantes de refúgio, investigações e "diagnósticos dos aspectos geopolíticos" dos países de origem desses refugiados.

Para participar, o candidato deve ter fluência em inglês, francês e/ou espanhol, e comprovar que está cursando ou já concluiu o ensino superior. Profissionais e estudantes de direito, relações internacional, ciências sociais, ciências políticas, serviço social e áreas afins têm prioridade.

Na descrição das vagas, o Conare também pede perfil "pró-ativo, organizado e com aptidão para ajudar pessoas mais vulneráveis". A disponibilidade exigida é de, no mínimo, 12 horas semanais. Quem cumprir o tempo mínimo (de 3 meses) sem interrupção recebe certificado do Ministério da Justiça, como forma de comprovar o trabalho voluntário.

O currículo deve ser enviado ao Conare pelo email rsd.conare@mj.gov.br. O anúncio feito pelo Ministério da Justiça não define o local de trabalho dos voluntários. O Conare tem escritórios em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, mas o banco de voluntários do conselho inclui participantes de outros estados.

 

Leia Também