Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 19 de novembro de 2018

Denúncia contra Temer

Líder do governo na Câmara
'caça' ausentes para garantir quorum

2 AGO 2017Por Folhapress10h:10

O líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), passou a manhã ao telefone chamando deputados da base que ainda não apareceram para marcar presença.

Diz já ter ligado para 40 parlamentares-inclusive o líder de seu partido, Arthur Lira (AL).

Centenas de deputados reuniram-se na noite de terça-feira (1º) em ao menos três jantares nas casas de parlamentares. Alguns perderam a hora nesta manhã.

Até as 10h50, 213 deputados haviam marcado presença em plenário. Para votar requerimento de encerramento de discussão, são necessários 257 presentes. Para começar a votação de fato, é preciso ter 342 presentes.

A oposição, embora esteja em plenário, não está registrando presença. Por isso o quorum ainda é baixo.

ESTRATÉGIA
Um dos principais defensores do presidente Michel Temer, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) critica a estratégia da oposição de não registrar presença para atrasar a votação. "Viraram fantasmas vagando pelo salão verde, cadáveres insepultos", disse.

"A oposição não tem nem perto do número de votos necessários para promover o afastamento do presidente. Quanto ao quorum, estou otimista, mas não vou dizer que tenho certeza. [...] A hora que a oposição aparecer, sofrerá derrota histórica", disse.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também