Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Lava jato

Receita Federal autuou R$ 2,722 bilhões no primeiro semestre deste ano

Os números não correspondem aos valores efetivamente arrecadados

18 JUL 17 - 19h:00Terra

A Receita Federal informou nesta terça-feira que as autuações encerradas no âmbito da operação Lava Jato no primeiro semestre deste ano somaram R$ 2,722 bilhões, sendo que ações ainda estão em andamento somaram outros R$ 2,034 bilhões neste ano.

Os números, contudo, não correspondem aos valores efetivamente arrecadados, que costumam ser bem menores em função das possibilidades que o contribuinte tem de recorrer administrativamente e na Justiça. Em 2016, por exemplo, foram arrecadados apenas 1,4% para o universo de R$ 121,6 bilhões em autuações totais realizadas pela Receita.

Em balanço sobre suas atividades, a Receita pontuou que o total de crédito lançado com a Lava Jato, que investiga o esquema de corrupção na Petrobras, é R$ 12,8 bilhões até hoje.

O valor considera ações efetivadas desde 2015, incluindo aquelas ainda não concluídas em 2017, além de autuação no caso Schain que ocorreu antes desse período, mas era também ligada a prejuízos causados à petroleira. Só neste caso, a atuação foi de R$ 4,72 bilhões.

Entre as ações prioritárias para o próximo semestre, a Receita destacou a fiscalização sobre pessoas físicas com ativos no exterior, incluindo cerco mais apertado à compra de imóveis em Miami, nos Estados Unidos.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

SP: casal é preso por suspeita de manter mulher em cativeiro durante 20 anos

Por 3 a 2, 2ª Turma do STF decide manter Lula preso
CASO DO TRIPLEX

Por 3 a 2, 2ª Turma do STF decide manter Lula preso

STF rejeita primeiro pedido <br>de liberdade de Lula
CASO DO TRIPLEX

STF rejeita primeiro pedido
de liberdade de Lula

Bolsonaro revoga decreto de armas e publica novas regras
BRASIL

Bolsonaro revoga decreto de armas e publica novas regras

Mais Lidas