Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

RIO DE JANEIRO

Justiça aceita denúncia contra PMs acusados de matar menina dentro de escola

Os policiais atiraram contra criminosos na direção da unidade de ensino

10 AGO 17 - 11h:02MARESSA MENDONÇA

A 3ª Vara Criminal do Rio de Janeiro aceitou denúncia contra os policiais militares Fábio Barros Dias e David Gomes Centeno, acusados de fazer os disparos que mataram a adolescente Maria Eduarda Alves da Conceição, 13 anos, em março deste ano. Maria Eduarda estava dentro da escola, quando foi atingida pelos tiros.

Segundo o Ministério Público, durante uma operação policial no Morro da Pedreira, por volta das 16h, os dois acusados se posicionaram em frente à Escola Municipal Jornalista Daniel Piza para abordar criminosos que pudessem fugir por aquela rua. A escola funcionava normalmente já que era uma quinta-feira em horário escolar.

Quando criminosos armados chegaram ao muro da escola, fugindo da operação, os policiais, armados com fuzis, atiraram contra eles, na direção da unidade de ensino. Segundo o MP, quatro desses tiros atingiram Maria Eduarda.

De acordo com a denúncia apresentada, os policiais tinham consciência do risco de atingir as pessoas que estavam dentro da escola.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

SP: casal é preso por suspeita de manter mulher em cativeiro durante 20 anos

Por 3 a 2, 2ª Turma do STF decide manter Lula preso
CASO DO TRIPLEX

Por 3 a 2, 2ª Turma do STF decide manter Lula preso

STF rejeita primeiro pedido <br>de liberdade de Lula
CASO DO TRIPLEX

STF rejeita primeiro pedido
de liberdade de Lula

Bolsonaro revoga decreto de armas e publica novas regras
BRASIL

Bolsonaro revoga decreto de armas e publica novas regras

Mais Lidas