SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

Jovem procura socorro médico e diz que é estuprada por pai e irmãos desde a infância

Vítima disse que último estupro aconteceu há 15 dias
17/06/2017 14:12 - G1


 

Uma jovem de 22 anos procurou uma unidade de saúde em São José do Rio Preto (SP) alegando não "aguentar mais" sofrer abusos sexuais do próprio pai e dos três irmãos. Os médicos da UBS chamaram a polícia e um boletim de ocorrência foi registrado nesta quinta-feira (15) como estupro.

Segundo o boletim de ocorrência, a jovem procurou a Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Vila Toninho para receber atendimento médico. Ainda de acordo com o registro, a garota disse que era estuprada desde a infância e que o último abuso - com os quatro envolvidos - teria acontecido há 15 dias.

Internação

A vítima contou ainda que, após um dos estupros, ela chegou a ser internada por três meses no Hospital Psiquiátrico Bezerra de Menezes, devido a uma pancada na cabeça.

A jovem foi encaminhada para o Hospital de Base, onde permanece internada e será avaliada por um médico legista. O caso foi registrado no plantão policial e está sendo investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher.

 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".