Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

MUNDO

Itália prende mafioso Giuseppe Giorgi, que estava foragido há 23 anos

2 JUN 2017Por G122h:00

As autoridades da Itália prenderam nesta sexta-feira (2) o líder de um dos clãs da máfia da Calábria, a "Ndrangheta", Giuseppe Giorgi, considerado um dos criminosos mais perigosos do país. Ele estava foragido desde 1994.

Os agentes do comando provincial de Reggio Calábria encontraram o mafioso em um esconderijo construído no interior de sua casa, no município de San Luca, no sul da Itália. O bunker estava escondido atrás de uma rocha e no fim de um túnel.

Os agentes já sabiam que Giorgi estava dentro do imóvel e, por isso, fez uma operação de busca que durou seis horas até encontrá-lo.

Durante a investigação, os policiais também apreenderam 157 mil euros que estavam guardados em bolsa de plástico no interior de várias paredes da casa.

Giorgi deverá agora cumprir uma condenação de 28 anos e nove meses de prisão, acusado por associação criminosa e tráfico internacional de drogas.

O ministro do Interior da Itália, Marco Minniti, comemorou o sucesso da operação em um comunicado e elogiou o trabalho dos agentes que capturaram Giorgi.

Leia Também