Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Mundo

Inundações deixam 200 mil
pessoas desabrigadas na Índia

Serviços de emergências já resgataram 5.051 pessoas

24 JUL 17 - 11h:36Agência Brasil


Pelo menos três pessoas morreram e outras 200 mil foram afetadas pelas inundações que castigam, há dois dias, o oeste da Índia, onde persistem fortes chuvas. "Até agora há três mortos e 10.000 evacuados, três distritos foram afetados", indicou hoje à Agência EFE um porta-voz da Autoridade de Gestão de Desastres do estado indiano de Gujarat.

O porta-voz detalhou que os serviços de emergências já resgataram 5.051 pessoas e que as operações de resgate continuam na região, onde se mobilizaram efetivos da força aérea indiana.

O Departamento Meteorológico da Índia alertou hoje que algumas áreas do estado de Gujarat ainda sofrerão durante os próximos três dias de chuvas "fortes ou muito fortes".

Nas últimas seis semanas mais de 50 pessoas já morreram e quase dois milhões se viram afetadas pelas inundações e chuvas caídas no nordeste da  Índia, especialmente no estado de Assam.

O país asiático se encontra sob os efeitos das monções, época do ano marcada por intensas precipitações, que costumam se estender até setembro. Estes incidentes meteorológicos são habituais no sul da Ásia na época das monções, sobretudo entre julho e agosto, quando costumam deixar centenas de mortos e milhões de afetados na região.
 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

AMEAÇA MUNDIAL

EUA dizem que coronavírus é ameaça séria, mas que não houve novos casos no país

Autoridades informaram que não houve "por ora" novos casos
Ministro da Saúde confirma caso suspeito de coronavírus em Minas
ALERTA

Suspeita de coronavírus em Minas é confirmada, ministro diz que risco é "iminente"

Bolsonaro diz que governo vai apurar falhas no Enem e que não descarta sabotagem
INVESTIGAÇÃO

Bolsonaro diz que governo vai apurar falhas no Enem e que não descarta sabotagem

Secretário executivo da Casa Civil é destituído por usar avião da FAB
MINISTRO INTERINO

Secretário executivo da Casa Civil é destituído por usar avião da FAB

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião