Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Nova data

Inep informa alteração em data de aplicação do Encceja Nacional

A prova será aplicada em 19 de novembro, e não mais em 22 de outubro. A abertura dos portões e o início do exame foram adiados em uma hora, por causa do horário de verão.

19 SET 17 - 09h:52G1

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja Nacional) 2017 teve novamente a data alterada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), de acordo com publicação do Diário Oficial desta terça (19).

A prova será aplicada em 19 de novembro, e não mais em 22 de outubro. A abertura dos portões e o início do exame foram adiados em uma hora, por causa do horário de verão.

A explicação para a mudança de data é "um atraso na homologação da licitação, que inviabilizou a distribuição dos participantes nos locais de prova dentro do cronograma". Esta é a segunda vez em que o Inep altera o exame - em agosto, houve também uma retificação do calendário, com a mesma justificativa de problemas de logística.

O Encceja PPL, para pessoas privadas de liberdade, também foi adiado - será aplicado em 21 e 22 de novembro.

O exame pode fornecer o diploma de ensino fundamental ou ensino médio para pessoas que não se formaram na idade escolar correta. Em 2017, será aplicado para 1.573.862 candidatos. Desses, 301.583 farão provas para o ensino fundamental e 1.272.279, para o ensino médio. A aplicação ocorrerá em 564 municípios do Brasil.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Bolsonaro nega mudanças na equipe ministerial e elogia Weintraub
BRASÍLIA

Bolsonaro nega mudanças na equipe ministerial e elogia Weintraub

ENSINO SUPERIOR

Comissão para inspecionar Enem barrou 66 itens do banco de questões do MEC

Mega-Sena pode pagar hoje R$ 31 milhões
LOTERIA

Mega-Sena pode pagar hoje R$ 31 milhões

ESCÂNDALO

STJ nega pedido de João de Deus para anular provas

O caso é referente à denúncia contra o líder espiritual por posse de arma de fogo

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião