Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Tragédia

Índia tem pelo menos 180 mortos e 1 milhão de desalojados pela chuva

O número de mortos, divulgado nessa segunda-feira, aumentou de 120 para 180

4 AGO 15 - 13h:46AGÊNCIA BRASIL

A chuva torrencial na Índia, durante dias seguidos, deixou aproximadamente 180 mortos e 1 milhão de desalojados, que foram abrigados em acampamentos, informaram hoje (4) as autoridades.

Rios transbordaram e atingiram milhares de aldeias em áreas de Bengala Ocidental e do nordeste do estado de Manipur, onde estradas e pontes foram fechadas e as comunicações interrompidas.

A maioria das mortes deveu-se a afogamentos, embora quatro tenham morrido no desabamento de terras que soterrou uma aldeia na fronteira entre Manipur e Myanmar, onde a chuva causou outros estragos.

O número de mortos, divulgado nessa segunda-feira, aumentou de 120 para 180 depois de terem sido descobertos mais corpos em Bengala Ocidental e no oeste do estado de Gujarate, onde o nível dos rios recuou e permitiu que as pessoas voltassem para suas casas.

“Cerca de 1,2 milhão de pessoas encontram-se abrigadas em cerca de 1,6 mil campos para refugiados, improvisados em escolas e outros edifícios governamentais”, disse à agência France Presse o ministro de Gestão de Riscos e Desastres, Javed Ahmad Khan, acrescentando que o transbordamento das represas tinha agravado a inundação em Bengala Ocidental, cuja Costa Leste foi depois atingida, na sexta-feira (31), pelo Ciclone Komen.

“O pior já passou. Agora é preciso concentrarmo-nos em providenciar ajuda e os melhores cuidados às pessoas desalojadas”, disse Gulab Singh, ministro de Gestão de Riscos e Desastres do Estado do Rajistão.

“Após terem recuperado quatro corpos”, as equipes de salvamento continuavam a tentar resgatar pessoas em Manipur, depois do deslizamento de terras que atingiu a aldeia no sábado (1º), disse o supervisor das operações, Jason Shimray.

A Índia, onde cerca de 80% da chuva anual ocorrem entre junho e setembro, enfrenta duras tragédias durante esta época do ano.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

INTERNADO

Agnaldo Timóteo passa por cateterismo após sofrer princípio de AVC

MONÓXIDO DE CARBONO

Seis brasileiros morrem por acidente de gás no Chile

Eles estavam hospedados em apartamento de Santiago
Desmatamento da Mata Atlântica no último ano foi o menor desde 1985
MEIO AMBIENTE

Desmatamento da Mata Atlântica no último ano foi o menor desde 1985

Prêmio principal da Mega-Sena sai para aposta feita no interior de São Paulo
SORTEIO

Prêmio principal da Mega-Sena sai para aposta feita no interior de São Paulo

Mais Lidas