MUNDO

Incêndio em escola religiosa deixa ao menos 25 mortos na Malásia

De acordo com o jornal “The Star”, o incêndio começou antes do amanhecer
14/09/2017 10:48 - Istoé


Pelo menos 25 pessoas, sendo 23 estudantes, morreram na madrugada desta quinta-feira (14) em Kuala Lumpur em um incêndio em uma escola religiosa islâmica, segundo informaram as autoridades locais.   

De acordo com o jornal “The Star”, citando um oficial do departamento de bombeiros, o incêndio começou pouco antes do amanhecer no colégio ” Tahfiz Darul Quran Ittifaqiyah, localizada em Datuk Keramat, no nordeste da capital malaia, e rapidamente se propagou por todo o recinto.   

O corpo de bombeiros confirmou o balanço de 21 estudantes e dois professores mortos no incêndio. De acordo com a polícia, os alunos eram todos homens, com idades entre 11 e 17 anos.   

Segundo relato do jornal malaio, os bombeiros haviam alertado em agosto para as escassas medidas de segurança contra incêndios em centros religiosos privados. Desde 2015 ocorreram 211 incêndios em escolas religiosas, informaram as autoridades.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".