VIOLÊNCIA

Imigrante senegalês é incendiado enquanto dormia em calçada no RS

Imigrante senegalês é incendiado enquanto dormia em calçada no RS
12/09/2015 20:00 - FOLHAPRESS


Um grupo de homens ateou fogo em um imigrante senegalês na manhã deste sábado (12), no município de Santa Maria (a 251 km de Porto Alegre).

Cheikh Oumar Foutyou Diba, 25, teve queimaduras leves nas duas pernas e não corre risco de morte. O senegalês estava dormindo em um colchão na calçada quando acordou com o fogo, segundo a Brigada Militar (a PM gaúcha). O crime ocorreu por volta das 9h.

Além de atearem fogo no colchão onde Diba dormia, os homens roubaram os tênis, R$ 500 e uma maleta com bijuterias que o imigrante vendia no centro da cidade. Ele foi atendido pelo Corpo de Bombeiros e levado à UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) do município.

Segundo relatou à Polícia Federal, Diba estava dormindo na calçada porque chegou atrasado no albergue municipal, que fecha as portas às 20h.

O senegalês afirmou que, ao acordar, viu os homens correndo com seus pertences e pediu ajuda em uma padaria próxima.

De acordo com a polícia, o senegalês possui passaporte, está em situação legal no país e não se comunica bem em português, o que dificultou o registro dos detalhes da ocorrência. A Brigada Militar não tem pistas dos autores.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".