Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

Queda de 0,5%

IBGE divulga resultados da
Pesquisa Trimestral do Abate

Setor registrou 7,37 milhões de abates bovinos nos três primeiros meses do ano

14 JUN 2017Por Istoé13h:14

O número de abates bovinos no país chegou a 7,37 milhões de cabeças no primeiro trimestre deste ano, segundo dados do Instituto Brasileiro e Geografia e Estatística (IBGE). O resultado faz parte da Pesquisa Trimestral do Abate e indica queda de 0,5% em relação ao quarto trimestre de 2016 e alta de 0,7% comparado aos números apurados no primeiro trimestre de 2016.

Segundo o IBGE, foram abatidas 49,62 mil cabeças de bovinos a mais no primeiro trimestre de 2017, em relação ao mesmo período do ano anterior. O movimento foi impulsionado por aumentos em 11 das 27 Unidades da Federação (UFs).

“Os aumentos mais intensos ocorreram em Goiás (+97,26 mil cabeças), Tocantins (+27,53 mil cabeças), Rondônia (+25,43 mil cabeças), Pará (+16,72 mil cabeças) e Bahia (+15,67 mil cabeças). Já as maiores reduções ocorreram em São Paulo (-63,92 mil cabeças), Mato Grosso do Sul (-15,93 mil cabeças), Paraná (-15,06 mil cabeças), Maranhão (-12,9 mil cabeças) e Espírito Santo (-11,85 mil cabeças)”, informou o IBGE em nota.

Assim, Mato Grosso continua liderando o abate de bovinos, com 15,2% da participação nacional, seguido por Mato Grosso do Sul (11,5%) e Goiás (10,1%).

Leia Também