Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

morro do vidigal

Helicóptero faz pouso forçado em praia
do Rio; tiro é investigado

21 JUL 2017Por FOLHAPRESS18h:57

Um helicóptero fez um pouso às pressas nesta sexta-feira (21) próximo da praia de São Conrado, zona sul do Rio.

O piloto constatou um problema na cauda da aeronave e decidiu fazer um pouso forçado. Minutos antes, o helicóptero sobrevoava o Morro do Vidigal.

A Polícia Civil abriu uma investigação para saber se "as marcas" encontradas próximas do rotor foram provocadas por tiros disparados por traficantes da comunidade. Nenhum dos passageiros se feriu.

O helicóptero é operado pela empresa Ultra-planna Táxi Aéreo. Segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a aeronave está em situação regular.

"O piloto não sentiu o impacto, só percebeu que tinha alguma coisa estranha e fez o pouso. Ainda não é possível afirmar se foi um tiro mesmo", afirmou o delegado José Alberto Lage, responsável pelo caso.

Em novembro, um helicóptero da Polícia Militar do Rio caiu perto da Cidade de Deus, na zona oeste. A aeronave apoiava uma operação na comunidade. Em dezembro, Aeronáutica afirmou que não encontrou sinais de perfuração no helicóptero. Quatro militares morreram na queda.

Leia Também