Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MERKEL

Governo alemão pede mais segurança para investidores no Brasil

Economia brasileira precisa criar um ambiente que transmita mais segurança

20 AGO 15 - 15h:44FOLHAPRESS

O vice-ministro das Finanças da Alemanha, Jens Spahn, disse que a economia brasileira precisa criar um ambiente que transmita mais segurança visando atrair investidores estrangeiros.

"Nós precisamos ter certeza do que diz respeito a cobrança de impostos, por exemplo, e de taxas de retorno. Mas o que é importante é a informação regulatória", afirmou Spahn, após ser recebido pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

Spahn admitiu que o momento da economia do Brasil não é bom, mas se mostrou interessado em projetos do governo federal.

"A economia brasileira obviamente está em uma situação em que precisa melhorar. Claro que precisa de mais investimentos. Fiquei muito impressionado com o projeto do governo, de investimentos em todo o país em novas estradas, é algo realmente impressionante pelo tamanho", disse.

O representante do governo alemão disse ainda que gostaria de mais informações sobre regulações de contratos e manifestou o desejo de que mais empresas da Alemanha invistam no Brasil.

"É preciso ter um arcabouço, uma estrutura mais interessante para investir", destacou.
Empresas e representantes dos dois países devem realizar mais reuniões de intercâmbio de informações, mas ainda não há um cronograma estabelecido para os encontros.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASÍLIA

Deputados ouvem presidente do Banco do Brasil sobre possível privatização

BRASIL

Governo vai reformular Bolsa Família e destinar benefício a jovens e crianças

CCJ deve votar prisão em segunda instância na terça-feira
BRASÍLIA

CCJ deve votar prisão em segunda instância na terça-feira

Brasil e Paraguai terão livre comércio de automóveis
MERCOSUL

Brasil e Paraguai terão livre comércio de automóveis

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião