Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MUDANÇA CLIMÁTICA

Geleira na Patagônia chilena se rompe com aquecimento nos Andes

24 MAI 19 - 23h:00ESTADÃO CONTEÚDO

Um campo de gelo com 12 mil quilômetros quadrados rompeu-se em dois pedaços na região da Patagônia, no Chile. Novas fraturas na geleira devem se tornar mais frequentes como consequência de mudanças climática, segundo um time de cientistas chilenos.

Temperaturas crescentes ao longo da Cordilheira dos Andes resultaram em menor quantidade de neve e gelo para manter as geleiras da região, segundo Gino Casassa, chefe da Divisão de Neve e Geleiras na Direção Geral de Águas, órgão do governo chileno. "O que ocorreu foi uma fratura pois o gelo retraiu", disse Casassa.

O pedaço de gelo que se soltou da geleira principal é de aproximadamente 208 quilômetros quadrados. Segundo Casassa, que foi com a equipe de cientistas à região em março deste ano, isso pode ser um sinal do que virá pela frente. 

O campo de gelo, afirmou, está agora "partido em dois e, provavelmente, descobriremos novas rachaduras ao sul".

Dois icebergs se soltaram da Geleira Cinza, no sul do Parque Nacional Torres del Paine no Chile. Os cientistas temem que essas rupturas possam se tornar mais frequentes.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CORRUPÇÃO

TRF reduz pena, mas mantém condenação de ex-presidente da Petrobras

Sentença de Aldemir Bendine caiu de 11 anos para 7 anos e 9 meses
APOIO EUROPA

Reino Unido manifesta apoio ao ingresso do Brasil na OCDE

Embaixador britânico diz que a integração trará “claro progresso”
CASO RAFAEL MIGUEL

Polícia divulga imagens com possíveis disfarces de homem procurado por matar ator

INVESTIGAÇÃO

Lava Jato diz que desativou contas do Telegram 'após invasão criminosa'

Mais Lidas