DENÚNCIA

França apreende 1,3 tonelada de cocaína<br> em navio procedente do Brasil

Droga estava a bordo de um navio procedente de Santos
04/08/2017 20:00 - Istoé


Oito pessoas foram denunciadas na França após a apreensão de 1,3 tonelada de cocaína em um navio procedente do Brasil no porto de Havre (oeste), informou nesta sexta-feira uma fonte judiciária.

A droga estava a bordo de um navio procedente de Santos, no litoral de São Paulo, e foi escondida em vários contêineres, segundo a técnica do “rip-off”: bolsas esportivas colocadas nos contêineres no último momento antes da partida e depois recuperada pelos cúmplices no porto de destino, sem o conhecimento do expedidor e do destinatário.

Cerca de 278 quilos foram apreendidos no início de julho, 119 quilos no fim do mês e 459 quilos no último sábado, explicou à imprensa o procurador da República, François Gosselin.

A este total de 856 quilos somam-se outros 470 quilos. “No mesmo sábado, encontramos outra coisa (os 470 kg, ndr) no mesmo barco em outro contêiner, mais esta foi uma investigação separada, mesmo havendo pontos de semelhança que nos levem a crer que os implicados são os mesmos homens”, explicou o procurador.

Oito homens, todos da região de Havre, foram acusados, dos quais seis foram denunciados em prisão provisória.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".