Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 15 de dezembro de 2018

Reflexo da crise

FGV registra alta de 6,8
pontos na confiança do comércio

A alta acontece após quatro meses de quedas consecutivas

27 SET 2017Por Correio do Povo09h:27


A confiança do comércio sobe 6,8 pontos em setembro e atinge patamar semelhante ao de abril, quando estava em 89,1 pontos

Segundo a FGV, a redução da confiança registrada nos meses anteriores vinha refletindo o aumento da incerteza com o agravamento da crise política em maio, diante da delação do empresário Joesley Batista, sócio da JBS, e mais recentemente, a preocupação com a sustentação das vendas após o fim do período de liberação de recursos inativos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

"O bom resultado de setembro mostra que este momento já passou e o setor retoma a tendência de alta da confiança que vinha apresentando nos primeiros meses do ano", avaliou Aloisio Campelo, superintendente de Estatísticas Públicas do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV), em nota oficial.

A alta do Icom em setembro ocorreu de forma disseminada entre os 13 segmentos pesquisados. O Índice de Situação Atual (ISA-COM) subiu 6,5 pontos, para 83,9 pontos. Já o Índice de Expectativas (IE-COM) avançou 7,0 pontos, para 95,1 pontos.

"O resultado de setembro sugere a retomada da tendência de alta virtuosa da confiança com melhora gradual da percepção sobre a situação presente e otimismo moderado em relação aos meses seguintes", completou Campelo.

A coleta de dados para a edição de setembro da Sondagem do Comércio foi realizada entre os dias 1º e 25 do mês e obteve informações de 1.166 empresas.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também