Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 20 de novembro de 2018

Brasil

Famílias pretendem consumir
mais, mostra pesquisa

Índice que mede intenção de consumo cresceu 0,2% de junho para julho

18 JUL 2017Por Istoé13h:48

A Intenção de Consumo das Famílias, medida pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), cresceu 0,2% em todo o país na passagem de junho para julho deste ano. Na comparação com julho de 2016, o crescimento foi maior: 12,5%.

A alta de 0,2% entre junho e julho foi puxada por quatro dos sete componentes do indicador: nível de consumo atual (1,8%), intenção de compra a prazo (1,5%), avaliação sobre o emprego atual (0,3%)  e renda atual (0,1%).

Três componentes tiveram queda: perspectiva profissional (-1,1%), perspectiva de consumo (-0,2%) e momento para a compra de bens duráveis (-0,1%)  .

Já na comparação com julho do ano passado, sete componentes tiveram alta: perspectiva de consumo (32,4%), momento para duráveis (25,8%), nível de consumo atual (24,2%), compra a prazo (11,2%), emprego atual (6,9%) , renda atual (6,5%)  e perspectiva profissional (2,1%).  .

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também