Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Polícia Federal

Ex-jogador da Seleção Brasileira é suspeito de fraude em loteria

10 SET 15 - 11h:35Jornal do Brasil

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (10) uma operação contra uma quadrilha especializada em fraudar os pagamentos de prêmios de loterias da Caixa Econômica Federal. A ação ocorre em Goiás, Bahia, São Paulo, Sergipe, Paraná e no Distrito Federal. Entre os suspeitos de envolvimento estão um ex-jogador da Seleção Brasileira e um doleiro.

De acordo com a PF, o esquema desviou milhões em dinheiro de bilhetes premiados, não sacados pelos ganhadores, que deveriam ser destinados ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). No ano passado, os premiados na loteria deixaram de resgatar R$ 270,5 milhões.

Dos mandados, cinco são de prisão preventiva, oito de prisão temporária, 22 conduções coercitivas e 19 de busca e apreensão. Cerca de 250 policiais federais participam da Operação Desventura.

Segundo a investigação, o esquema contava com a ajuda de correntistas da Caixa Econômica Federal, que eram escolhidos pela quadrilha por movimentar grandes volumes financeiros e que também seriam as responsáveis por recrutar gerentes do banco para a fraude.

Ainda segundo a corporação, quando os criminosos estavam de posse de informações privilegiadas, entravam em contato com os gerentes para que eles viabilizassem o recebimento do prêmio por meio de suas senhas, validando, de forma irregular, os bilhetes falsos.

A PF também identificou fraudes na utilização de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), ConstruCard, que é o financiamento da Caixa para a compra de materiais de construção.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ROMPIMENTO DE BARRAGEM

Estrago pode ser maior que o previsto pela Vale, alertam pesquisadores

Inscrições para o Encceja começam hoje pela internet
EDUCAÇÃO

Inscrições para o Encceja começam hoje pela internet

TRAGÉDIA

Onze pessoas são mortas em chacina em Belém do Pará

A maioria das vítimas foi atingida por tiros na cabeça
DIÁRIO OFICIAL

Governo publica lei que anistia multas de partidos políticos

Mais Lidas