Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Lava Jato

Ex-presidente do BNDS
depõe hoje em defesa de Lula

Na ação penal, MPF acusa o ex-presidente de receber como propina um terreno

23 JUN 17 - 10h:52G1

O juiz Sergio Moro vai ouvir nesta sexta-feira,23, o ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho. Ele vai depor na condição de testemunha de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no processo em que o petista é acusado de receber propina da Odebrecht.

Além dele, também vai depor o ex-governador de São Paulo, Cláudio Lembo e o ex-ministro do governo Lula, Luiz Fernando Furlan. Nesta audiência, Moro também deve ouvir outras duas testemunhas de Lula e mais uma testemunha do réu Branislav Kontic, ex-assessor do ex-ministro Antônio Palocci.

À tarde, Moro segue ouvindo mais três funcionários da Petrobras, que foram arrolados como testemunhas pela defesa de Lula.

O processo

Nesta ação penal, o Ministério Público Federal (MPF) acusa o ex-presidente de receber como propina um terreno onde seria construída a nova sede do Instituto Lula e um imóvel vizinho ao apartamento do petista, em São Bernardo do Campo (SP).

De acordo com a força-tarefa da Lava Jato, esses imóveis foram comprados pela Odebrecht em troca de contratos adquiridos pela empresa na Petrobras.

Lula responde, neste processo, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Outras sete pessoas também são rés. A ex-primeira dama Marisa Letícia chegou a ser acusada, contudo, Moro decretou a impossibilidade de puni-la. Marisa Leticia morreu em fevereiro deste ano.

O ex-presidente nega as acusações, e o Grupo Odebrecht tem afirmado que tem colaborado com as investigações. Instituto Lula afirmou que "nunca teve outra sede a não ser o sobrado onde funciona até hoje, adquirido em 1990 pelo Instituto de Pesquisas e Estudos do Trabalhador (IPET)".

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Bolsonaro veta bagagem gratuita em voos domésticos, diz Planalto
FRANQUIA

Bolsonaro veta bagagem gratuita em voos domésticos, diz Planalto

Hackers devem ser presos, diz ministro do STF sobre invasão de celular
MENSAGENS VAZADAS

Hackers devem ser presos, diz ministro do STF sobre invasão de celular

MAL-ESTAR

Ex-presidente egípcio morre durante audiência em tribunal

BRASIL

Relatório do Vaticano para encontro de bispos cogita padres casados na Amazônia

Mais Lidas