Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

BRASÍLIA

Em simulação, Palácio do Planalto é esvaziado em 4 minutos

24 MAI 19 - 19h:00AGÊNCIA BRASIL

Servidores e funcionários que trabalham no Palácio do Planalto, sede do Poder Executivo federal, em Brasília, passaram por um treinamento de evacuação do prédio na tarde de hoje (24). A simulação, que visa a preparar o resgate em caso de emergência, está prevista no plano de segurança do Palácio. Segundo o general Luiz Fernando Baganha, secretário de segurança e coordenação presidencial, o prédio foi esvaziado em 4 minutos e 11 segundos. 

"Superamos nossa expectativa no treinamento. É um tempo mais que suficiente para retirada das pessoas em segurança", comemorou o general.

Ao todo, segundo ele, cerca de 500 pessoas que trabalham no Palácio participaram da simulação, que começou por volta das 16h, com o toque de sirenas e orientação da equipe de segurança para que as pessoas se dirigissem para área externa do prédio. O presidente Jair Bolsonaro, que está em viagem ao Nordeste, não participou. Entre os ministros que trabalham no Palácio, apenas Onyx Lorenzoni, chefe da Casa Civil, estava no local. Ele também participou do treinamento.

Baganha explicou que uma segunda fase da simulação, ainda sem data marcada, deverá ocorrer, dessa vez envolvendo forças de segurança e resgate do Distrito Federal, como Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e equipes do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu).

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Carga recorde de maconha adesivada com símbolo do Palmeiras é apreendida
CINCO TONELADAS

Carga recorde de maconha adesivada com símbolo do Palmeiras é apreendida

Universidades da Europa, Canadá e EUA usam Enem na seleção de alunos
EDUCAÇÃO

Universidades da Europa, Canadá e EUA usam Enem na seleção de alunos

HOMICÍDIO DOLOSO

STM mantém condenação de ex-soldado da FAB por assassinato de sentinela

Ex-militar atirou em um colega de farda no dia 23 de setembro de 2017
IMPOSTO

Argentina dobra valor de indenização por demissão

Ainda não se sabe como as empresas receberão a notícia

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião