Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

INTERPOL

Diretor da unidade anticorrupção da Colômbia é preso por corrupção

27 JUN 17 - 21h:00AGÊNCIA BRASIL

O diretor da Promotoria Nacional contra a Corrupção da Colômbia, Luis Gustavo Moreno, foi preso hoje (27) acusado de conspiração para lavar dinheiro para promover o pagamento de propinas e corrupção, informou o procurador-geral do país, Néstor Martínez. A informação é da EFE.

Moreno foi preso em cumprimento de uma ordem de captura da Interpol, que atendia um pedido de extradição dos Estados Unidos, explicou a Procuradoria-Geral da Colômbia em comunicado.

Martínez confirmou a prisão com "indignação e profunda dor institucional". A detenção ocorreu com auxílio de agentes do Corpo Técnico de Investigações da Procuradoria-Geral, com apoio da Agência Antidrogas dos EUA (DEA).

"Moreno foi preso por condutas que lesam gravemente a integridade desta instituição. A ordem de captura foi emitida pela Interpol pelos crimes de conspiração para lavar dinheiro com objetivo de promover o pagamento de propina e a corrupção na Colômbia", disse o  procurador-geral. Segundo ele, Moreno será levado ao pavilhão de "extraditáveis" da prisão La Picota, de Bogotá, já que é requerido pela Corte Federal da Flórida.

Martínez destacou a colaboração dos Estados Unidos na prisão. O diretor da unidade anticorrupção é acusado de acertar, junto com seu advogado, a cobrança de dinheiro do ex-governador do departamento de Córdoba, Alejandro Llyons, para atuar a seu favor.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Três pessoas morrem em queda de avião em Belo Horizonte
ACIDENTE AÉREO

Três pessoas morrem em queda de avião em Belo Horizonte

Mundial abre venda de ingressos em estádios a cinco dias de início
SUB-17

Mundial abre venda de ingressos a cinco dias de início

AIRBNB

STJ vai decidir se condomínios podem proibir aluguéis por aplicativos

Maia defende reforma tributária para combater desigualdade
BRASIL

Maia defende reforma tributária para combater desigualdade

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião