Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Polêmica

Dilma veta projeto de lei que tornava obrigatória gorjeta para garçom

A decisão, segundo Dilma, foi tomada após ouvir os ministérios

7 AGO 15 - 14h:13FOLHAPRESS

A presidente Dilma Rousseff vetou integralmente o projeto de lei nº 1.048 de 1991, que regulamenta a profissão de garçom.

Entre outras determinações, o texto tornava obrigatório o pagamento de 10% de gorjeta para a categoria. O veto foi publicado nesta sexta-feira (7) no "Diário Oficial da União". As informações são da Agência Brasil.

A decisão, segundo Dilma, foi tomada após ouvir os ministérios da Justiça, da Fazenda, do Planejamento, Orçamento e Gestão e do Trabalho e Emprego, além da Secretaria da Micro e Pequena Empresa e da Advocacia-Geral da União. Todos os órgãos se manifestaram favoráveis ao veto.

"A Constituição Federal, em seu Artigo 5º, inciso XIII, assegura o livre exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, cabendo a imposição de restrições apenas quando houver a possibilidade de ocorrer dano à sociedade", argumentou a presidente na justificativa do veto.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

LANÇAMENTO DE FOGUETES

Senado aprova acordo entre Brasil e EUA para utilização da base de Alcântara

PRIVATIZAÇÃO

Meta do governo é fazer de 40 a 44 licitações em 2020, diz ministro

VAZIO DE PODER

Senadora da oposição declara-se presidente da Bolívia

Com asilo garantido, Evo Moralez diz que México salvou sua vida
EX-PRESIDENTE

Com asilo garantido, Evo Moralez diz que México salvou sua vida

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião