Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ECONOMIA

Depois de 'segunda-feira negra', Bolsas na Ásia voltam a fechar em forte queda

Depois de 'segunda-feira negra', Bolsas na Ásia voltam a fechar em forte queda
25/08/2015 07:31 - FOLHAPRESS


Depois de levar pânico aos mercados mundiais nesta segunda (24), quando a Bolsa de Xangai caiu 8,49%, o mercado acionário chinês voltou a sofrer fortes perdas nesta terça (25). Na ausência de novas medidas por parte do governo, o principal índice da Bolsa de Xangai encerrou o dia em queda de 7,63%.

A queda na segunda-feira foi a maior desde 2007. Desde seu pico, em 12 de junho, a queda acumulada é de 42%.

O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio fechou a terça em forte queda de 3,96%, aos 17.806,70. O segundo indicador, o Topix, que reúne os valores da primeira seção, caiu 3,25%, para 1.432,65.
As principais Bolsas europeias, por sua vez, abriram o dia com leves altas. Londres iniciou o pregão com ganho de 1,65%, Paris, 1,84%, Frankfurt, 1,87%, Madri, 1,25%, e Milão, 1,97%.

CONTÁGIO

Na segunda, a Bolsa de Nova York teve, no início do dia, a maior perda diária na história do índice Dow Jones (1.000 pontos). A situação se reverteu após o presidente da Apple, Tim Cook, afirmar à rede americana CNBC que as vendas crescem na China, reduzindo as preocupações com a desaceleração no país. Os papéis, que despencavam 13%, fecharam em baixa de 2,5% no dia.

No Brasil, a aversão ao risco fez o dólar bater em R$ 3,58 e a Bolsa cair mais de 6,5%. No final do dia, a moeda americana terminou a R$ 3,54 no câmbio à vista (mercado financeiro), com alta de 1,23%.

A Bolsa brasileira teve baixa de 3,03% no Ibovespa, que desceu a 44.336 pontos -patamar de março de 2009.

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...