Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Homenagem

Colômbia irá imprimir
cédulas com rosto de
Gabriel García Márquez

20 DEZ 14 - 01h:00Folhapress

O Banco Central da Colômbia irá imprimir cédulas para homenagear o escritor Gabriel García Márquez, que morreu em abril de 2014 e é visto como o pai do estilo literário conhecido como realismo fantástico.

O Congresso colombiano aprovou, na terça (16), um projeto de lei instruindo o banco a estampar a imagem de "Gabo", como ele era afetuosamente chamado, nas próximas notas que produzir. A lei também exige que certos locais de sua região natal sejam preservados para o turismo.

García Márquez, que começou a carreira como repórter de jornal, ficou famoso por sua obra-prima "Cem Anos de Solidão", que lhe garantiu o Prêmio Nobel de Literatura em 1982. Credita-se a ele ter despertado a América Latina para milhões de leitores com suas histórias de amor e saudade.

"Gabo deixou uma coleção extraordinária de obras literárias e jornalísticas, cuja distribuição, leitura e estudo devem ser ativamente divulgados", teria dito o congressista Antenor Durán segundo o jornal "El Espectador".

García Márquez morreu aos 87 anos em sua casa na Cidade do México depois de sofrer durante algum tempo com uma pneumonia. Seus arquivos, incluindo manuscritos, álbuns de foto, máquinas de escrever e computadores, foram adquiridos pela Universidade do Texas no mês passado.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Brasil e China firmam acordos em áreas como política, comércio e saúde
ENCONTRO DOS BRICS

Brasil e China firmam acordos em áreas como política, comércio e saúde

Mega-Sena sorteia hoje prêmio acumulado de R$ 6,5 milhões
LOTERIA

Mega-Sena sorteia hoje prêmio acumulado de R$ 6,5 milhões

BRASÍLIA

Nas redes sociais, Bolsonaro critica invasão à embaixada da Venezuela no Brasil

BRASIL

Emenda Constitucional da reforma da Previdência é publicada

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião