Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Investigação

Brasileiro morto ligava o Comando Vermelho e terroristas paraguaios

A carteira de identidade do brasileiro foi expedida pela Sejusp de MS

5 SET 15 - 17h:48da redação

O governo da Bolívia divulgou nesta semana o resultado de uma operação policial que resultou na morte do brasileiro Wagner Santulhão, de 56 anos, na cidade de Loma Alta, a cerca de 113 quilômetros de Santa Cruz de la Sierra. Santulhão, que era piloto, estava prestes a decolar com um avião carregado com 320 quilos de cocaína em direção ao Brasil. Em sua companhia estava o paraguaio Rilme Eustaquio Ruiz, um membro do grupo terrorista paraguaio Exército do Povo Paraguaio (EPP).

Ruiz prestou depoimento ao Ministério Público boliviano, e assumiu fazer parte da organização terrorista e disse que permaneceria na Bolívia como "garantia" para o pagamento que seria realizado pelos traficantes do Comando Vermelho. Estima-se que os bolivianos receberiam 2,5 milhões de dólares pela remessa.

Esta foi a primeira evidência da joint venture firmada entre o EPP e os brasileiros do CV para o tráfico de cocaína a partir da Bolívia. As autoridades brasileiras já conheciam as relações das duas organizações para a produção e tráfico de maconha e armas do Paraguai para o Brasil.

Santulhão já havia sido preso pelo menos outras duas vezes no Paraguai, onde ele era conhecido como o "soldado de Fernandinho Beira-Mar". Em 2009, ele foi flagrado com 177 quilos de cocaína, que, segundo um relatório da polícia paraguaia, seria enviado para o Brasil para abastecer a rede comandada por Beira-Mar.

Conforme as autoridades bolivianas, o brasileiro já era investigado no país, de onde ele já havia conseguido fugir duas vezes. Ele e Ruiz operavam juntos pelo menos desde 2009, o que sugere que a relação entre o EPP e o Comando Vermelho tem pelo menos seis anos.

A carteira de identidade do brasileiro foi expedida pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) de MS.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

INTERNACIONAL

Comparecimento em eleição do Parlamento Europeu é de cerca de 50%

Percentual deve ser o mais alto em duas décadas
INTERNACIONAL

Tornado destrói comunidade em Oklahoma e mata pelo menos duas pessoas

MEIO AMBIENTE

Defesa Civil monitora movimento de talude em mina de Barão de Cocais

Previsão era de que rompimento ocorreria até ontem
Papa Francisco recebe cacique Raoni em audiência privada
RELIGIÃO

Papa Francisco recebe cacique Raoni em audiência privada

Mais Lidas