Quinta, 14 de Dezembro de 2017

Internacional

Brasil quer ampliar negócios com a Rússia

Atualmente, mais de 2,7 mil produtos brasileiros podem se beneficiar

19 JUN 2017Por Portal Brasil09h:36

O governo brasileiro vai assinar um acordo com a Rússia para ampliar as exportações. O documento será oficializado na próxima quarta-feira (21) e visa tornar mais rápido o desembaraço aduaneiro de produtos brasileiros que utilizam o Sistema Geral de Preferências (SGP) russo.

Atualmente, mais de 2,7 mil produtos brasileiros podem se beneficiar de preferências tarifárias oferecidas pelo SGP russo, o que alcança mais de 50% das exportações brasileiras para aquele mercado. Acompanhado de ministros, o presidente da República, Michel Temer, estará na Rússia em viagem oficial entre terça (20) e quarta-feira.

"Com o novo sistema, a autoridade russa deverá gastar, em média, cinco minutos. Dessa forma, o tempo de entrada de nossas exportações será reduzido de maneira significativa", disse o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, que fará parte da comitiva presidencial.

Até então, esse processo pode levar mais de um dia, dependendo do caso. “É um importante instrumento que reduz tarifas aplicadas sobre as exportações nacionais em um mercado tão concorrido, como o russo. Ou seja, o SGP contribui para a competitividade dos nossos produtos”, avaliou o ministro.

Na viagem, Temer reafirmará o compromisso com a retomada do crescimento econômico, geração de empregos, com a agenda das reformas e, principalmente, levará a mensagem do afinco com que o País trabalha para realizar a maior e melhor integração com os fluxos globais de comércio e investimentos.

Em Moscou, está prevista também assinaturas de instrumentos bilaterais em temas como promoção de comércio e investimentos, intercâmbio cultural e consultas políticas.

Leia Também