Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

Em chamas

Bombeiros trabalham para conter incêndio de grande proporção em Portugal

Mais de 100 pessoas foram retiradas de suas casas ao longo desta madrugada

17 AGO 2017Por Agência Brasil09h:09

Um total de 133 pessoas foram retiradas de suas casas ao longo desta madrugada por causa de um incêndio que permanece sem controle e que nas últimas horas esteve às portas de várias aldeias da comarca de Mação, situada na região central de Portugal e que pertence ao distrito de Santarém. A informação é da Agência EFE.

Segundo informou a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) de Portugal, para combater as chamas foram mobilizados 970 bombeiros, 280 veículos terrestres e 15 meios aéreos, alguns procedentes de Espanha e Marrocos.

"A situação é difícil em termos de combate", assegurou à Agência EFE a porta-voz da ANPC, Patrícia Gaspar.

O "complexo" incêndio que começou durante a madrugada de ontem mantém várias frentes ativas em uma região de bosques de pinheiro e eucalipto.

Durante a madrugada um trecho da rodovia A-23 foi fechado, ainda que já tenha sido aberto ao tráfego, porém, por causa das chamas, um trecho da estrada nacional N-243 continua fechado.

Durante o combate aos incêndios registrados na última semana 79 pessoas ficaram levemente feridas e sete se encontram em estado grave.

Leia Também