Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ENTREVISTA

Bolsonaro diz que demitirá presidente dos Correios e que convidou Santos Cruz

14 JUN 19 - 14h:31ESTADÃO CONTEÚDO

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta sexta-feira, 14, que vai demitir o presidente dos Correios, general Juarez Aparecido de Paula Cunha. Em café da manhã com jornalistas, o presidente justificou que ele "foi ao Congresso e agiu como sindicalista". O presidente informou, ainda, que convidou o general Santos Cruz para ocupar a vaga, mas adiantou que não tem o nome do substituto. 

Santos Cruz foi demitido na quinta-feira, 13, da Secretaria de Governo, ministério que cuida, por exemplo, da verba de publicidade do governo. O jornal O Estado de S. Paulo participou da entrevista do presidente nesta sexta-feira.

No último dia 5 de junho, o presidente dos Correios esteve no Congresso quando fez críticas ao processo de privatização da empresa. Segundo o jornal Gazeta do Povo, na ocasião, o presidente dos Correios disse: "Eu não queria falar de privatização, até porque não é problema meu, se privatizarem uma parte dos Correios, eu acredito que vai ser do lado bom, o que tirar daqui vai faltar lá. E quem vai pagar essa conta? Esse alguém será o Estado brasileiro ou o cidadão brasileiro que paga imposto. É um negócio complicado." 

O discurso vai na contramão do próprio governo. O presidente Jair Bolsonaro é quem determinou a venda da empresa.

O presidente dos Correios, general Juarez Aparecido de Paula Cunha, assumiu a estatal ainda no governo do ex-presidente da República Michel Temer, quando a empresa estava sob o guarda-chuva do ex-ministro das Comunicações, Gilberto Kassab.

Diferente da posição do presidente Jair Bolsonaro, o general foi contrário à privatização dos Correios. Depois de resultados negativos bilionários em 2015 e 2016, os Correios registraram lucro de R$ 667 milhões em 2017. O número de 2018 ainda não foi divulgado, mas há indicativo de que será positivo.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

SEGUNDO SEMESTRE

Toffoli marca julgamento sobre porte de drogas e frete rodoviário

EUA

Dias antes de se lançar à reeleição, Trump diz que mercado terá 'crash' se perder

GOVERNO FEDERAL

Ramos entra com missão de mudar rumo da Secom

RECUPERAÇÃO JUDICIAL

Anac notifica Avianca por não atender reclamações de passageiros

Mais Lidas