TRAGÉDIA

Boate Kiss: Justiça Militar de Santa Maria condena dois bombeiros

Boate Kiss: Justiça Militar de Santa Maria condena dois bombeiros
04/06/2015 06:00 - band


 

A Justiça Militar de Santa Maria, na região central do Rio Grande do Sul, condenou dois bombeiros no processo da tragédia da boate Kiss.

O ex-comandante Moisés Fuchs e o capitão Alex da Rocha Camilo foram punidos com um ano de prisão por declaração falsa no alvará do estabelecimento.

No entanto, eles não serão detidos em um primeiro momento. A defesa já disse que irá recorrer.

Outros seis bombeiros foram absolvidos.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".