Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Escândalo

Blatter diz que foi ameaçado de prisão por Platini caso seguisse na Fifa

15 AGO 15 - 11h:53ALINY MARY DIAS

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, afirmou neste sábado (15) que o presidente da UEFA Michel Platini o ameaçou de prisão caso ele disputasse a última eleição da entidade.

Na ocasião, Blatter foi reeleito para o quinto mandato a frente da instituição. Porém, quatro dias depois, diante do maior escândalo da história do futebol mundial, Blatter, anunciou que vai deixar o cargo, ocupado por ele há 17 anos.

De acordo com o jornal holandês Volkskrant, a ameaça foi feita ao irmão de Blatter em Zurique, horas antes da votação.

"Durante uma refeição, Platini sentou ao lado do meu irmão e disse: 'avise o Sepp [Joseph Blatter] para ele desistir de se candidatar ou ele será preso"", declarou o atual presidente da Fifa ao Volkskrant.

Uma fonte próxima a Platini afirmou em entrevista à agência AFP que o ex-jogador classificou as declarações de Blatter como "história inventada".

O francês é candidato à presidência da Fifa desde 29 de julho. A eleição será realizada em 26 de fevereiro de 2016, em Zurique. Até o momento, já anunciaram a candidatura o príncipe jordano Ali bin Al Hussein, que concorreu no último pleito, e o o sul-coreano Chung Mong-joon.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Prazo para eleitor regularizar título termina em maio
ELEIÇÕES 2020

Prazo para eleitor regularizar título termina em maio

ANÁLISE

Irã enviará para Ucrânia caixas pretas de avião derrubado acidentalmente

BRASIL

Polícias mudam rotina para se adequarem à Lei de Abuso de Autoridade

R$ 2 BILHÕES

'Somos escravos da lei', diz Bolsonaro sobre sanção de Fundo Eleitoral

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião